27 de ago de 2013

LAURO RODRIGUES – Dois poemas



[ PEDRO LUSO DE CARVALHO ]


LAURO RODRIGUES  (Lauro Pereira Rodrigues) nasceu no distrito de Santo Amaro do Sul, município de General Câmara, RS, em 1918 , e faleceu  em 17 de dezembro de 1978.

Lauro Rodrigues foi jornalista, radialista, poeta e político. Elegeu-se vereador pela cidade de Porto Alegre e deputado federal, por dois mandatos (1970 e 1978). Poeta foi membro da Estância da Poesia Crioula. Radialista apresentou em 1935 Campeiradas, na Rádio Sociedade Gaúcha, o primeiro programa de atrações regionalistas no Rio Grande do Sul.

Dando vasão ao sentimento que tinha pela poesia, Lauro Rodrigues escreveu: Invernada vazia, Ed. Coruja, 1944; Minuano, Ed. Livraria do Globo, 1944; A ronda dos sentimentos, Ed. Globo, 1944; Senzala Branca, Chirus, Ed. 3 Xirus, 1958; A canção das águas prisioneiras, Martins Livreiro, 1978.

 
Lauro Rodrigues escreveu, também: Aniversário da Revolução Farroupilha, Imprensa Nacional, 1972; Rio Grande do Sul Terra e Povo, A Evolução do Homem, Decadência da Dignidade.

Segue dois poemas de Lauro Rodrigues  (in Rodrigues, Lauro, A canção das águas prisioneiras. Porto Alegre: Martins Livreiro-Editor, 1978, p. 11-89):



[ESPAÇO DA POESIA]



DOIS POEMAS

[ LAURO RODRIGUES ]



I


Domaram o curso das águas!
Prenderam o rio na barragem!
Surge uma nova paisagem
na praia desfigurada...

Como um gigante a amurada
desafia a natureza!

Adeus, antiga beleza
dos salseiros, das areias,
dos clarões de lua cheia
que, agora, morrem na teia
dessa monstruosa cadeia
de ferro e cimento bruto.




II



Quero continuar andejo,
sem passado  e sem futuro!
Das minhas penas me curo
com outras penas, também...
Sempre medi a desgraça
que impera no campo alheio!
Bicheira é flor de rodeio,
pois Deus não poupa ninguém...

Quando chegar o final
hei de ficar por aí,
guardando um pouco de ti
como lembrança de velho!
A estrada é a escola da Vida
cujas lições sempre guardo,
pois a experiência é um fardo
que se reparte em conselho...




*  *  *


2 comentários:

Indiasena disse...

¡Buenísimos! No los conocía.

Gracias,tienes un blog muy interesante.
¡Lo he disfrutado!

Un abrazo Pedro.

Pedro Luso disse...

Obrigado, Indiasena, pela honra de sua visita.
Você aqui será sempre bem-vinda.
Abraços.