10 de jan de 2013

EUGENE O'NEILL / Além do Horizonte


        Além do Horizonte foi a primeira peça em três atos de O'Neill a ser encenada e a primeira a obter sucesso. Antes escrevera peças longas, mas sem êxito, e agora, pela primeira vez, a oportunidade de desenvolver a trama e as personagens que a forma mais longa oferece, coincidiam com o desenvolvimento de suas própria idéias dramática.

        Além do Horizonte  descreve a trágica decadência de Robert Mayo, seu irmão Andrew e a mulher que os dois amam. A estrutura da peça acentua o conflito dos dois irmãos, que encaram ideais opostos de aventura e segurança e, o que é mais importante, o conflito no espírito de cada um dos irmãos. No último ato, Robert descobre que suja doença é incurável, mas escapa para a colina para morrer com seu sonho. A nitidez desse esquema confundiu muitas vezes os críticose as mudanças de cenário desagradaram diretores.


                                                                                (Frederic I. Carpenter)


In Eugene O'Neill. Trad. de Raquel Gutierrez. Rio de Janeiro, Lidador, 1966, p. 81-82.



                                                                    *  *  *

Nenhum comentário:

Postar um comentário

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO