31 de dez de 2010

HERMANN HESSE / Cai um Raio de Sol




Quando, por entre nuvens do céu, cai um raio de sol sobre uma ruazinha triste, não importa que ele encontre cacos de vidro no chão, ou um cartaz rasgado no muro, ou os cabelos louros de uma criança. O sol traz sempre luz e encanto, a tudo transmuda e aclara.

                                                                                  (Hermann Hesse)



Ref. HESSE. Hermann. Para ler e pensar. Rio de Janeiro: Record, São Paulo, 1971, p. 178


Um comentário:

  1. Essa é bem uma verdade.
    Quando os raios do sol, beijam a rua triste e feia, vê-se luz e alegria, naquela paisagem quase morta.
    A beleza dos raios irradia o contraste necessário,para que o feio, se torne belo.
    Boa noite e bons sonhos.
    Abraços.

    ResponderExcluir

LOGO O SEU COMENTÁRIO SERÁ PUBLICADO.

OBRIGADO PELA VISITA.

PEDRO LUSO