23 de abr de 2011

[Filosofia] NIETZSCHE - Avidez e Solidão do Homem

 Nietzsche ( 1844-1900)




         
        
        Um homem que aspira a grandes coisas considera aqueles que encontra em seu caminho como meio ou como causa de atraso ou obstáculo – ou ainda como parada momentânea. A bondade de alta categoria para com os outros homens, que é própria desse homem, não se torna possível senão quando ele tiver atingido sua própria altura e começa a dominar. Certa impaciência e a consciência de ter sido sempre condenado à comédia – pois a própria guerra não passa de uma comédia e de um esconderijo, uma vez que todos os meios só servem para esconder o objetivo – interferem em todas as relações desse homem: esse gênero de homem conhece a solidão e o que ela tem de mais venenoso.


                                                                                   (Nietzsche)




REFERÊNCIA:
NIETZCHE, Friedrich Wilhelm. Além do Bem e do Mal. Tradução de Antonio Carlos Braga.2ª ed. São Paulo: Ed. Escala, 2007, p. 202.




2 comentários:

João Ludugero disse...

Boa tarde!
Se puder e tiver um tempo, passe lá no meu blog. Se gostar, me siga. Será um prazer ter sua visita e ver lá seus coments. Eu gostei tanto do seu cantinho aqui que já estou dentro, te seguindo!
Muitas felicidades, hoje e sempre.
Mega abraço iluminado.
João.

Júlio César disse...

Valeu Pedro Luso pela interação com os blogueiros...já estamos adicionados aos seus Blogs...Visite e participe também do meu outro Blog Servidor Público. At+