21 de mar de 2012

SUSAN SONTAG - Escrevo porque é inevitável

Susan Sontag

      Escrevo por ímpetos. Escrevo porque é inevitável e sinto confiança suficiente em algo que amadureceu em minha cabeça e tenho de escrever. Mas, uma vez que algo realmente se desencadeia, não quero fazer outra coisa. Não saio, muitas vezes me esqueço de comer, durmo muito pouco. É um modo muito indisciplinado de trabalhar, o que me torna pouco prolífica. Mas estou interessada em tantas outras coisas...
                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                                (Susan Sontag)

         PLIMPTON, George. The Paris Review. Escritoras e a Arte da Escrita. Rio de Janeiro: Ed. Gryphus, 2001, p. 296.


                                                                                                                        *  *  *  *  *  *

3 comentários:

Jonas Santos disse...

Oi Pedro,
obrigado pelo comentário e pela visita ao blog, gostaria muito de ir na Usina também, infelizmente a distância vai me tirar essa oportunidade, se realmente você for e de repente sair umas fotos ficaria feliz de ver...
mais uma vez obrigado!!!

Sueli Freitas disse...

Gostei de conhecer (pelo menos um pouco) deta pessoa que parece incrível. Vou procurar conhecê-la melhor. Obrigada. Sucesso.

Amapola disse...

Bom dia, Pedro.

Então, conhece-a mais quem a lê, do que as pessoas que conviveram com ela.
Tenha um lindo fim de semana.

Um grande abraço.